Diana Lucaci, fundadora da empresa de pesquisa em neurociência True Impact, sobre por que os impulsos inconscientes são cruciais e por que a mídia física cria essa importante conexão emocional em 0,3 segundos.

O poder da impressão em um relance:

  • Os profissionais de marketing devem levar o inconsciente mais a sério se eles quiserem entender seu público.
  • Em uma era de curto prazo, a mídia física fixa a marca na mente de uma pessoa, a longo prazo.

Que efeitos a mídia pode imprimir no cérebro?

DL: A vantagem da mídia física, e particularmente da mídia impressa, é que ajuda a aumentar a memorização de uma marca. Se você estiver enviando um e-mail, seu público pode ver a a linha do assunto e logo excluí-lo. Mas assim que algo chega pelo correio ou você a segura em suas mãos, a qualidade física da peça transmite uma mensagem e, juntamente com o design, torna mais provável que seja codificada na memória.

O tato é um dos nossos sentidos mais subestimados. É extremamente poderoso. Com o correio direto, por exemplo, você está engajando o cérebro além do visual, algo que uma tela digital normalmente não pode fazer.

A mala direta é muito mais persuasiva do que só a mídia digital, com 20% mais resposta de motivação.

Julgamos a qualidade de um objeto por sua firmeza ou textura. Esse primeiro toque é fundamental para criar a avaliação de um produto em nossas mentes.

Se estamos segurando papel fino e frágil, associamos isso instantaneamente a uma oferta de valor. Mas no momento em que sentimos algo mais grosso, mais rico, que é cetim ou talvez em relevo – entendemos instantaneamente que é uma oferta de alto investimento. O e-mail físico é um atalho para essa “primeira impressão”, e acontece em apenas 0,3 segundos.

Qual é o papel da impressão no mix de campanha?

A marca que deseja permanecer relevante sempre estabelece uma conexão emocional com seus clientes. Pode ser confiança, amizade, amor etc. Toda marca deve se preocupar em criar uma conexão emocional com os consumidores. E nesse contexto, a impressão é uma parte crucial do mix de marketing.

Correio direto é mais fácil de entender devido a 21% menos carga de trabalho cognitivo, e resulta em maior recall de marca.

É sobre forjar um relacionamento. A mídia física melhora a memorização e fixa a marca na mente de uma pessoa antes da conversão da compra online ou na loja. Sabendo de suas vantagens, os profissionais de marketing precisam pensar em otimizar a criatividadeusando princípios de neurociência e ver suas taxas de resposta irem para os dois dígitos.

Fonte: Print Power & Two Sides