Um cardápio bem projetado é muito mais do que apenas um material gráfico que mostra os preços dos seus produtos. Muitos estabelecimentos não reconhecem a importância do design e o impacto disso em suas vendas.

Evite o alinhamento de preços: isso facilita a leitura de forma mais dinâmica.

Pense em descartar o segundo ponto decimal para centavos: a não ser que queira usar o famoso 0,99…

Não classifique as refeições de alto a baixo. Em vez disso, misture-os para não direcionar o cliente a escolher pelo preço.

Tome cuidado com fotos: se você optar por uma imagem de grande impacto, use um fotógrafo profissional. Cada imagem usada no menu impresso deve ser nada menos que excelente. E nunca use imagens de estoque, a menos que seu prato combine perfeitamente com a imagem.

Posicionamento é rei: seja qual for o formato do seu cardápio, os alimentos devem estar posicionados na parte superior do design e no centro da página – é onde a maioria das pessoas olha primeiro antes de continuar a ler. Depois disso, eles serão revertidos para um padrão de leitura mais normal da esquerda para a direita, de cima para baixo.

Quer ideias e inspirações? Veja o nosso portfólio de cardápios para restaurantes e bares, em formatos diferenciados e acabamentos especiais e coloque a sua imaginação no papel! Fale com um especialista e saiba mais: atendimento@luripress.com.br